ADVERTISEMENT

Lula pede ao PT mineiro para manter esforos por unio com Kalil – Politica

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT

A reportagem do em registrou a sada de Gleisi Hoffman, presidente nacional petista, que participou da reunio (foto: Marcos Vieira/EM/DA press)
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT

Apesar dos impasses que podem dificultar a composio, o Partido dos Trabalhadores (PT) vai seguir trabalhando para viabilizar a unio entre Luiz Incio Lula da Silva e Alexandre Kalil (PSD) em Minas Gerais. Nesta tera-feira (10/5), Lula pediu aos petistas mineiros que dirijam esforo para atrair Kalil a uma ampla aliana. O recado foi dado durante reunio que comeou no fim da tarde, em um hotel na Regio Centro-Sul de Belo Horizonte.

O encontro no serviu para bater o martelo sobre os rumos do PT em Minas, mas deixou recado claro, segundo participantes do bate-papo contaram ao Estado de Minas. Embora nomes de outros partidos tenham se oferecido para dar palanque a Lula, Kalil a prioridade.

Neste momento, avaliao no PT que a aliana est emperrada por causa de fatores ligados ao PSD. O partido de Kalil quer disputar o Senado Federal com Alexandre Silveira; os petistas, por sua vez, tm a pr-candidatura de Reginaldo Lopes.

“Ele [Lula] reafirma a legitimidade da construo da pr-candidatura do deputado Reginaldo Lopes, mas diz da necessidade de continuar o dilogo com Alexandre Kalil. No esforo, ainda – dentro do que o prazo nos permitir -de, l adiante, tentar, quem sabe, entendimento e unidade para uma ampla aliana em Minas Gerais”, disse o deputado estadual Cristiano Silveira, presidente do PT mineiro, aps a reunio com Lula.

Interlocutores ouvidos pela reportagem apontam que, para o PT, no h problemas em um palanque com dois candidatos ao Senado – Reginaldo e Alexandre Silveira. O PSD, no entanto, precisa aceitar a condio.

“Queremos uma construo ampla de apoio a Lula em Minas – isso inclui o dilogo com Kalil. E continuaremos a construo de nossa pr-candidatura ao Senado”, afirmou Cristiano Silveira.

“Discusso de cenrios”

A reunio teve a participao de nomes nacionais do PT, como o ex-ministro Aloizio Mercadante. Depois, em meio ao vaivm de pessoas no saguo do hotel, surgiu Gleisi Hoffman, presidente nacional petista e deputada federal pelo Paran.

Segundo Odair Cunha (PT-MG), parlamentar federal, o encontro foi oportunidade para “discutir os cenrios” eleitorais no estado.

“Nesses cenrios, o que est colocado que vamos continuar trabalhando pela viabilizao da aliana com Alexandre Kalil”, assegurou.

Ontem, houve um jantar da cpula petista na casa do ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, na Regio Sul de BH. Mais cedo, houve to partidrio no Expominas – Kalil no esteve l. O PSD tambm no enviou representantes primeira agenda de Lula em BH, no fim da manh de ontem, quando ele recebeu lderes de partidos que devem caminhar ao lado dele na disputa presidencial

Hoje, o ex-prefeito de Belo Horizonte rebateu insinuaes sobre estar “evitando” Lula durante a passagem por Minas.

Lula quer voltar a Minas para firmar alianas

Ontem, durante discurso an apoiadores, Lula garantiu que vai fazer nova viagem a Minas Gerais.

“Voltarei muitas vezes a Minas Gerais. Temos que fazer muitas conversas aqui. H coisas a serem acertadas. Vamos ter que construir algumas alianas no estado”, explicou, sem citar nomes. Nem mesmo o governador Romeu Zema (Novo), rival local dos petistas, foi mencionado.

Neste momento, o arco de alianas do PT tem PSB, PCdoB, PV, Rede, PSOL, PV e Solidariedade.

O “Beab da Poltica”

A srie Beab da Poltica reuniu as principais dvidas sobre eleies em 22 vdeos e reportagens que respondem essas perguntas de forma direta e fcil de entender. Uma demanda cada vez maior, principalmente entre o eleitorado brasileiro mais jovem. As reportagens esto disponveis no site do Estado de Minas e no Portal Uai e os vdeos em nossos perfis no TikTok, Instagram, Kwai e YouTube.

Confira os vdeos j publicados:

Leave a Comment

ADVERTISEMENT